XVI Campeonato Brasileiro de Solucionismo
(Memorial Gerd Giebel)

Fase Final ao Vivo
(20/05/2006)

Folder | Notícias | Preliminar | Semifinal | Regulamento | Estatísticas
 

A fase final (ao vivo) foi realizada no dia 20 de maio de 2006 (sábado), as 14h30m, no Liceu Franco-Brasileiro, Rua das Laranjeiras, 13, Rio de Janeiro (RJ). A tradicional e bela escola nos reservou sua ampla e confortável biblioteca que conta com refrigeração e 17 belas mesas de xadrez!

Roberto Stelling, mais uma vez muito bem preparado, venceu a competição e entrou para o seleto grupo dos tri-campeões brasileiros ao lado de Felix Sonnenfeld (1910-1993) e Sergio Milward. (Veja tabela com todos os campeões)

Na foto ao lado, Stelling, Roland e Maffei concentrados sobre os diagramas impressos. Os três dispensaram o uso de tabuleiro e peças. Questão de gosto...

Classificação Geral Final Semifinal Preliminar
01) Roberto Nery Stelling Neto (RJ) 18 35 16
02) Sergio Milward (RJ) 11 39 16
03) Marcos Maldonado Roland (RJ) 10 35 16
04) Antonio Cordeiro Gerk (RJ) 2 35 16
05) José Maffei Filho (RJ)* 0 35 16
06) Fernando Paulino Chagas (RJ)* 0 35 16
07/12) Eduardo de Aquino Gambale (GO) - 35 16
07/12) Pedro Luiz O. Costa Neto (SP) - 35 16
07/12) Altamir Penha Morato (SP) - 35 16
07/12) Petter Jackson Miller Camargo (SP) - 35 16
07/12) José Roberto Paparello (SP) - 35 16
07/12) Luiz do Prado (RJ) - 35 16
13) Eugene Zavalin (RJ) - 26 16
14) João Ulisses de Melo Filho (SE) - 25 16
15) Leonardo Scardini (PR) - 23 16
16/19) Marcelo Bruno Rodrigues (DF) - - 16
16/19) Jorge Jerônimo Figueiredo dos Santos (RJ) - - 16
16/19) Fernando Tadeu Orlato Rossetti (SP) - - 16
16/19) Bolivar Ribeiro Gonzalez (SP) - - 16
20) Luiz Roberto Lepre Teixeira Junior (RJ) - - 10
21/25) Carlos Henrique Freitas Moraes (RJ) - - -
21/25) Ronaldo Teixeira Neves - - -
21/25) Emir da Rosa Caldeira Júnior (RS) - - -
21/25) Aloisio Eduardo da Silva Rocha (RJ) - - -
21/25) José Carlos Arruda Cruz III (RJ) - - -

(*) Desempate por tempo.

 

Problemas da Fase Final

01) #2
Aurel Karpati
Magyar Nemzet, 1958
3° Prêmio

Solução:
[ 1.e5! ]

02) #2
Uri Avner
Springaren, 1993

Solução:
[ 1.Cf4! ]

03) #2
Uri Avner
FIDE Tourney, 1957/58
3° Prêmio

Solução:
[ 1.Txf7! ]

04) #2
W. A. Shinkmann
240 Schachaufgaben

Solução:
[ 1.Tc2! ]

05) H#2 (1 Sol)
F. Seidemann
Deutsche Marchenschach-Zeitung, 1931

Solução:
[ 1.Bd3 Df2 2.exf2 e3# ]

06) H#2 (1 Sol)
I. Telkes
Budapest-Paris
1° Prêmio

Solução:
[ 1.Dxf1 Tb3+ 2.cxb3 Cd4# ]

07) S#2
Tivadar Kardos
Arbejder Skak, 1957
1° Prêmio

Solução:
[ 1.De7! Bh7 2.Dxh7! ]

08) S#2
Eeltje Visserman
Problemnoter, 1956
1° Prêmio

Solução:
[ 1.Dg4! ~ (1...gxh1=D+ 2.Cb3+;  1...f3 2.Cxb1+; 1...Txa4 2.Cc4+) Cb3+ ]

 
Homenagem a Gerd Giebel
Nasceu em 24 de dezembro de 1933 em Ponta Grossa, Paraná, um dos mais dinâmicos entusiastas do xadrez. Possuia um espírito empreendedor que o fez experimentar todas as nuances do esporte: Foi jogador, compositor, solucionista, diretor, coordenador, postalista, editor, colunista, consultor, julgador e promotor de torneios.

Cirurgião Dentista por profissão, foi também Diretor de xadrez da Sociedade Ginástica de São Bento do Sul (SC), Membro do Conselho Fiscal da Federação Catarinense de Xadrez, Benemérito da Confederação Brasileira de Xadrez, Co-Fundador (junto com Belliboni) do Núcleo Brasileiro de Solucionistas, redator do Jornal do Solucionismo (função que deteve por mais de 10 anos), Sócio Benemérito da UBP e membro da Sociedade dos Amigos do Xadrez Arte.

Tudo isso o fez merecedor, mesmo que postumamente, do título de Mestre Nacional de Xadrez, conferido pela CBX, por relevantes serviços prestados à causa do enxadrismo nacional.

Porém, foi no xadrez arte onde mais se destacou. Era uma força motriz, pilar, alavanca e esustentáculo do problemismo brasileiro.

Com 15 anos de idade já disputava concursos de soluções. Suas primeiras composições datam de 1966 e, ao todo, compôs cerca de 50 problemas. Em 1973 começou a promover concursos oficiais de solucionismo. Foi nomeado em 1982, pela UBP, Delegado do Núcleo Regional Sul (RS-SC-PR), onde realizou pré-torneios de composição e soluções. Atuou muitas vezes como juiz neutro de composição e foi coordenador nos CBS de 1990, 92, 95 e 98.

Em 1985, foi vice campeão do 1ro Campeonato Brasileiro de Composição de Novos, mesmo ano em que foi Vice-campeão de solucionismo no VII-CBS. Foi também, tri-campeão estadual catarinense de solucionismo (1988-2001-2003).

Mantinha uma seção de problemas na revista do Clube de Xadrez Epistolar Brasileiro, do qual era sócio, onde também promoveu campeonatos epistolares de solucionismo. Possuia correspondentes em todo o mundo, desde a visinha Argentina até a longínqua Rússia. Fato que o permitiu construir um acervo de livros, manuais, revistas, manuscritos de valor inestimável e que ele modestamente chamava de "meus arquivos". Seu alemão fluente permitiu a tradução de diversas obras.

Foi, com o passar dos anos, examinador, analista, julgador e, finalmente, capitão da equipe brasileira nos torneios mundiais de composição. Função que ocupava até seu falecimento em 26 de maio de 2004 ocorrido na pacata cidade de São Bento do Sul (SC).

Filho de Max Giebel, de quem herdou a paixão pelo xadrez, deixou viúva a Sra. Dóris, o filho Claudio e uma filha.
 
Coordenador Geral
Ao final do evento foram sorteados dois exemplares do livro "Felix Sonnenfeld, O Mosqueteiro do Rei", de autoria de Gil Cleber e os vencedores foram Eugene Zavalin (21) e Carlos Henrique (11).

O texto em homenagem a Gerd Giebel foi lido durante a abertura da competição que também reservou um minuto de silêncio em homenagem a Mario Novis Filho, um dos maiores compositores brasileiros e vencedor do II WCCT, que veio a falecer em 17/02/2006.

Em breve será confeccionado o Ranking Brasileiro de Solucionismo refletindo os resultados do XVI-CBS.

Agradeço imensamente a participação de todos os 25 solucionistas inscritos e também a Ricardo Vieira que arbitrou e selecionou os problemas da fase final.

Cordialmente,
Leo Mano (Coordenador Geral)


(p) 2006 por Leo Mano - www.oproblemista.com.br