Página inicialwww.oproblemista.com.br Você está aqui Brasileiros (AB100/109)
(p)1999-2008 por Leo Mano. Rio de Janeiro - RJ, Brasil
problemasdexadrez@terra.com.br
AB00/09 | 10/19 | 20/29 | 30/39 | 40/49 | 50/59 | 60/69 | 70/79 | 80/89 | 90/99 | 100/109 | 110/119


 AB100 - Clovis B. C. Brito
JdS, 2000 - 3°/4° prêmio
(11x7) 1bt2tb1 - 1T6 - 1c4B1 - 1T6 - 3r3C - 3P1PD1 - 2PP4 - C5Rc

#2. Direto em 2.


 AB101 - Márcio Tosta Gonçalves
JdS, 2000
(9x7) 8 - 1p4p1 - 6T1 - 3pr3 - DRb3P1 - 6P1 - 3PtpB1 - 4CT2

#2. Direto em 2.


 AB102 - Sergio Milward
JdS, 2002 - Dedicado a Gerd Giebel
(4x4) 8 - 1p2d2p - 4C3 - 4B3 - 8 - 4r3 - 4B3 - 4R3

H#2. Ajudado em 2.
2.1.1.1


 AB103 - B. J. de C. Andrade
Problem Observer, 1960
(7x4) 4C3 - 1c4p1 - 6D1 - 2c1r3 - 2P3R1 - 5P2 - 4B3 - 5C2

#2. Direto em 2.


 AB104 - Marcelo Dreux
UBP, 1980
(6x6) 4R3 - 8 - 5p2 - 4r1p1 - 1t3t2 - B2d4 - B2P4 - 3T1T2

H#2. Ajudado em 2.
2.1.1.1


 AB105 - R. M. Nascimento
UBP, 1980 - Dedicado a Idel Becker
(6x7) 1R1rc2t - pp4C1 - 2PP3c - 8 - 1D3P2 - 7b - 8 - 8

#2. Direto em 2.


 AB106 - Alberto Witte
Match Brasil-Itália, 1962 - 14° Lugar.
(12x10) Rb6 - 3pc2t - TC3T2 - pPPPr1B1 - dc4t1 - 2P1P2B - 3C4 - 1b6

#2. Direto em 2.


 AB107 - Orlando Carlomagno Huguenin
UBP, 1981
(8x7) 7t - 4P2p - 7R - 8 - TBB4r - 2p2P2 - 5PPp - 2t3b1

#2. Direto em 2.


 AB108 - Rodolpho Eichbaum
Jornal do Comércio, 1887 - 1° Prêmio
(7x3) 1D6 - 4p3 - 2p1P3 - 2P1C3 - 2Cr4 - 8 - 3P3R - 8

#4. Direto em 4.


 AB109 - D. Gussópulo
Match Brasil x Itália, 1961/62 - 4° Lugar
(10x10) 3T4 - 1dPRP2B - 2D1p2t - 1p5b - 3r1Pp1 - 2p1C3 - C5t1 - 2B1b3

#2. Direto em 2.


Soluções

AB100 - Consta no laudo do argentino Jorge Kapros: "Tubos de órgãos ampliados. Alguns são muito curiosos". A chave 1.Tc7! faz uma dupla ameaça: De5# e c3#. Temos então as tentativas de defesa: a) 1...Tf5 2.Cxf5#; b) 1...Cd5 2.Cb3#. Devemos ressaltar também a mútua interferência entre bispo e torre negros. Por exemplo, se 1... Bxc7 2.c3# ou 1...Txc7 2.De5#. Acontece que esta mesma interferência mútua se repete com a outra dupla de torre e bispo negros no ensaio 1.Tf7? pois se 1...Txf7 a torre bloqueia o bispo permitindo 2.Cb3# e se 1...Bxf7, o bispo interfere na torre permitindo 2.Cf5#. A única defesa é 1...Tc5! caracterizando o ensaio. O termo "tubo de órgão" foi inventado por Sam Loyd em 1857 e é aplicado ao tema Grimshaw no qual existem dois pares de peças pretas que se interferem mutuamente. O complemento "ampliado" refere-se ao fato de haverem mais dois ensaios com interfências da peça de um par interferindo na peça do outro par. Por exemplo, se 1.f4? (ameaçando De3#) Bxf4 2.Cf3# (o bispo de b8 interferiu na torre de f8) a defesa correta é 1...Tc5!. Também temos o ensaio 1.c4? (ameaçando Cc2#) Txc4 2.Cb3# ou 1...Bxc4 2.Cc2#. A defesa correta é 1...Tc5!

AB101 - A chave 1.Da7! ameaça d4#. As negras possuem 6 diferentes tentativas de defesa: a) 1...Txd2 2.De3# (capturando o peão); b) 1...Te4 2.Cf3# (guarda direta da casa d4); c) 1...fxe1=D 2.Tf5# (pregadura do peão); d) 1...Bd3 2.Cxd3# (bloqueio do peão na 3ª linha); e) 1...d4 2.Db8# (bloqueio do peão na 4ª linha); f) 1...b6 2.Dxg7# (guarda indireta da casa d4). Podemos assinalar também o ensaio 1.Cc2? (com a dupla ameaça De8# e d4# mas refutada com 1...d4!) e o jogo aparente 1.Rd4 Da1#. Um ótimo exemplo do tema Ceará.

AB102 - No mate ajudado as negras começam e colaboram para que as brancas apliquem o mate no rei negro. A indicação "2.1.1.1" que o problema é do tipo Neumann, isto é, com duas soluções cada qual com variante única. Na primeira solução temos 1.Db4+ Bc3 2.De4 Bd2#. A segunda solução é simétrica começando com 1.Dh4+

AB103 - Nota do editor: "Dois mates mudados e dois adicionados são obtidos com fina economia". Nota do juiz: "Um imenso aperfeiçoamento sobre o set introduz estratégia de correção do cavalo preto". O "set" mencionado é o jogo aparente, isto é, o jogo em que as negras movem antes da execução da chave. Nesta fase temos os mates a) 1...C5~ 2.De4#; b) C7~ 2.Dd6#; c) 1...Rd4 2.Dxg7#. A chave 1.Db6! não faz ameaça (típico dos problemas de bloco) e aguarda um erro negro. Temos então a) 1...C5~ 2.De3#; b) 1...C7~ 2.Dd3#; c) 1...Rd4 2.Db2#. Repare que os mesmos lances negros proporcionaram diferentes mates nas duas fases da solução (jogo aparente e real) caracterizando os mates mudados. Os mates adicionados mencionados pelo editor referem-se à variante 1...g5 (ou g6) 2.Df6# que não existia no jogo aparente.

AB104 - No mate ajudado as negras começam e colaboram para que as brancas apliquem o mate no rei negro. A indicação "2.1.1.1" que o problema é do tipo Neumann, isto é, com duas soluções cada qual com variante única. Na primeira solução temos a) 1.Df5 Tfe1+ 2.Tbe4 d4#. Na segunda solução temos b) 1.Dd6 Bb2+ 2.Tfd4 Tde1#. Além do fato das brancas jogarem sempre com xeque, há um interessante revesamento na ação das torres negras que se autopregam interferindo uma na outra. As torres brancas também se revesam nos mates.

AB105 - A chave 1.De1! ameaça 2.De7#. Seguem as tentativas de defesa a) 1... Be6 (ou Cf5) 2.Ce6#; b) 1...Cg8 2.De8#; c) 1...Cd6 2.Dh4#. Ainda temos os ensaios a) 1.Ce6+? Bxe6!; b) 1.Dxb7? Cg8!; c) 1.De4? Cd6! onde todas as defesas aparecem como erros no jogo real.

AB106 - A chave 1.Tf4! trás uma tríplice ameaça: Bf6#, Cf3# e Cdc4#. Seguem-se as tentativas de defesa: a) 1...Cbxd5 2.Cd7#; b) 1...Cexd5 2.Cbc4#; c) 1...Txf4 2.exf4#. Uma interessante "dança" de cavalos.

AB107 - A chave 1.Bc5! ameaça mate com qualquer lance do bispo em c4 (são 11 diferentes ameaças de mate). As negras tentam se defender interpondo uma das torres. a) 1...Ta1 2.Ba2#; b) 1...Tb1 2.Bb3#; c) 1...Td1 2.Bd3#; d) 1...Te1 2.Be2#; e) 1...Ta8 2.Ba6#; f) 1...Tb8 2.Bb5#; g) 1...Td8 2.Bd5# (exd8=D#); h) 1...Tf8 2.Bf7#; i) 1...Tg8 2.Bxg8# e, finalmente, j) 1...Bxf2 2.Bxf2#. Impressionante efeito antidual que, em cada variante, defende 10 ameaças menos uma. Uma lástima o dual na variante "g".

AB108 - Problema de bloco cuja chave é 1.Ce3! Seguem as variantes a) 1...Rxc5 2.Cg6 Rd4 3.Db4+ Rd3 4.Cf4#; b) 1...Re4 2.C5c4 Rd3 (2...Rd4 ou 2...Rf3 segue 3.Db1 etc) 3.Df4 Re2 4.Df1#. Este trabalho consta do famoso tratado de Tolosa y Carreras (Traité Analytique du Problème d'Echecs, Paris, 1892).

AB109 - Este mate direto exemplifica o tema Odessa. Começando a análise pelo ensaio, vemos que o lance 1.Bg6? ameaça Re8#[A] e Rxe6#[B] e fracassam as tentativas de defesa 1...Bd2 2.Cc2#[C] ou 1...Td2 2.Dxc3#[D] mas é refutado por 1...Th8! As letras entre colchetes nos mostrarão como os lances de mate e as ameaças invertem seus papéis no jogo real (caracterizando o tema Odessa). A chave é 1.Bd2! ameaçando Cc2#[C] e Dxc3#[D] geram as tentativas de defesa 1...Tg6 2.Re8#[A] ou 1...Bg6 2.Rxe6#[B].


(p)2008 por Leo Mano. Rio de Janeiro - RJ, Brasil.