Página inicialwww.oproblemista.com.br Você está aqui Retroteca (RT50/59)
(p)1999-2008 por Leo Mano. Rio de Janeiro - RJ, Brasil
problemasdexadrez@terra.com.br
RT00/09 | RT10/19 | RT20/29 | RT30/39 | RT40/49 | RT50/59 | RT60/69 | RT70/79 | RT80/89


 RT50 - Nikita Plaksin / V. Levschinskij
Thema Danicum, 1983.
(9x9) C5rD - Rppppp1b - 1p2PPPP - 8 - 8 - 8 - B7 - tC6

Como foi dado o xeque?


 RT51 - C. Volobuev
Waxmatbi, 1984
(13x13) 4b1ct - 1P1pp2p - 4p1tp - 7R - 1p1p3P - 1P2P1Pr - 3PTb1P - 1C2B1DT

#1. Mate em 1. Quem?


 RT52 - C. Tolstoi
Waxmatbi, 1984.
(11x11) 8 - 3ppP1p - 3P1Brt - 3B1ptb - 3P1Dpb - 3PR1p1 - 1PP3P1 - 8

#2. Mate em 2.


 RT53 - V. Gruxin
Waxmatbi, 1984
(12x10) 5Trc - 1pppp1Bb - 5ppR - 3D4 - 5T2 - 2p3PP - CPP1PP2 - 8

Como foi dado o mate?


 RT54 - Bondarenko
Waxmatbi, 1984.
(15x11) 4r2t - 1pp1p3 - 1P1PpP1b - 4Cp1c - R4P2 - 4PTP1 - 2PPTtp1 - D3BB2

#2. Mate em 2.


 RT55 - A. Korinlov
Waxmatbi, 1984.
(20x0) 5C1B - 2PP1PPP - 3PRPRD - 3P1P1P - 4P2C - 5P1P - 6T1 - 8

Identificar as peças negras.


 RT56 - N. Plaksin / V. Levschinski
Waxmatbi, 1984.
(13x6) 2B2B1T - 4pD1C - 7r - 8 - 4P3 - 3P1PPP - 4Pt1t - 2b2bRC

Como foi dado o mate?


 RT57 - G. Krimskij
Waxmatbi, 1984
(13x12) C1b5 - Tppp2p1 - 1p1p4 - T3p3 - 8 - PP1PP3 - B1PttPPr - 5RCc

Brancas podem dar mate?


 RT58 - I. Moldon
Waxmatbi, 1980.
(13x10) 8 - 1p3pp1 - 3Pp3 - 2p1R3 - 2P1P3 - 1PTbrPp1 - 1PPtBpP1 - 1TB5

Como se chegou na posição?


 RT59 - N. Plaksin
Waxmatbi, 1955.
(13x13) 1DB1b3 - 1TpP1p2 - r2p4 - bc3Pp1 - TPP3P1 - p1p5 - 1dPP3p - cRB5

Como foi dado o xeque?


Soluções

RT50 - O xeque foi dado, por exemplo, com o lance g7xCh8=D+. Isto permite as negras voltarem b2xBa1=T. A estrutura de peões resultante revela que as negras fizeram, ao todo, 6 capturas com peões (conta exata, pois as brancas agora possuem apenas 6 peças fora do tabuleiro). Já que o bispo negro em h7 é, na verdade, um peão promovido (o original foi capturado à domicílio), o peão negro que promoveu só pode ter sido o da coluna "h" e o fez sem capturas. Neste caso, o peão branco da coluna "h" foi obrigado a dar passagem e, para isso, fez duas capturas. Somadas às 3 capturas exigidas pela estrutura de peões brancos, temos um total de 5 (conta exata pois, apesar das negras terem 6 peças ausentes, o bispo de c8 não foi capturado por peão). O rei branco entrou via h6. Seguindo estas conclusões, fica fácil desfazer a posição.

RT51 - Tanto a estrutura de peões brancos quanto pretos exigem, cada uma, 3 capturas (conta exata pois ambos os bandos possuem 3 peças ausentes). Isto implica que, tanto as brancas quanto as pretas, tiveram de promover um peão e o fizeram sem capturar. O peão negro promoveu em a1 e o peão branco em c8. A posição se desfaz com 28... Bf7-e8 27.Cc3-b1 Be8-f7 26.Cb5-c3 Bf7-e8 25.Cd6-b5 Be8-f7 24.Cf7-d6 Tg7-g6 23.Cd6-f7 Tf7-g7 22.Cc8-d6 b5-b4 21.c7-c8=C b6-b5 20.c6-c7 d5-d4 19.c5-c6 c6xBd5 18.Be4-d5 c7-c6 17.Bg6-e4 Tf4-f7 16.Bf7-g6 Ta4-f4 15.Bg6-f7 Ta1-a4 14.Bf7-g6 a2-a1=T 13.Bg6-f7 a3-a2 12.Bf7-g6 a4-a3 11.Bg6-f7 a5-a4 10.Bf7-g6 a7-a5 9.a6xDb7 Dg2-b7 8.Df1-g1 Bg1-f2 7.Df4-f1 Dc6-g2 6.Tf2-e2 Db7-c6 5.Da4-f4 Rg2-h3 4.Tf4-f2+ Rf3-g2 3.Tb4-f4+ Re4-f3 2.c4-c5+ Bf2-g1 1.g2-g3 e a posição está livre. O mate é 1.Df1#

RT52 - A estrutura de peões negros exige 4 capturas (conta exata, pois as brancas possuem 4 peças ausentes). Por isso o último lance das negras não pode ter sido e6x?f5. As negras não podem ter feito o último lance. Portanto, é a vez delas jogarem: a) 1.e5 f8=C+ 2.Rxf6 Dxe5#; b) 1.exd6 f8=B 2.Rxf6 Dxd6#; c) 1.exf6 f8=T 2.Rg7 Tg8#; d) 1.e6 f8=D 2.e5 Dg7#. Quatro promoções diferentes. Um task.

RT53 - Após voltar o lance Tf7-f8#, verificamos que a torre branca em f7 não teria como chegar ali pela oitava fila. Obrigatoriamente os peões negros em f6 e g6 capturaram em "cruz" para dar passagem à torre. Isto exige duas capturas que, somadas às outras duas capturas exigidas pela estrutura de peões negros, totalizam 4 (conta exata, pois as brancas possuem 4 peças ausentes). O bispo negro em h7 é um peão promovido (pois o original foi capturado à domicílio). O peão negro que promoveu é o da coluna "h" e o fez sem capturar. Portanto os peões brancos em g3 e h3 capturaram em "cruz" para dar passagem ao peão negro. Somadas às capturas do peão branco da coluna "d" que foi obrigado a promover em f8 (assim como o peão branco da coluna "a" foi obrigado a promover em a8 para depois serem capturados por um peão negro ou substituir peças originais), temos um total de 4 capturas. A posição se desfaz com 36.Tf7-f8+ b4xBc3 35.Bf8-g7 b5-b4 34.Rg5-h6 g7xTf6+ 33.Te6-f6 b6-b5 32.Tf5-f7 Rf7-g8 31.Bf6-c3+ Re8-f7 30.Ta4-f4 Rd8-e8 29.f7-f8=B Rc8-d8 28.Te3-e6 Rd8-c8 27.e6xTf7 Tf8-f7 26.Td3-e3 Re8-d8 25.Td1-d3 Cf7-h8 24.Tf3-f5 Cd8-f7 23.Ta8-a4 f7xBg6 22.a7-a8=T Cc6-d8 21.Bd3-g6 Be4-h7 20.Te3-f3 Bh1-e4 19.Be4-d3 h2-h1=B 18.Bg2-e4 Th8-f8 17.Bf1-g2 Rd8-e8 16.g2xTh3 Th6-h3 15.Te4-e3 h3-h2 14.a6-a5 h4-h3 13.a5-a6 h5-h4 12.Th4-e4 Rc8-d8 11.Th1-h4 Rb8-c8 10.h2xCg3 Ra7-b8 9.e5-e6 Ta8-h8 8.d4xDe5 Dd6-e5+ 7.a4-a5 Dc5-d6 6.Cc3-a2 Da5-c5 5.Ta1-d1 Rb8-a7 4.Cb5-c3 Da7-a5 3.Rf4-g5 Rc8-b8 2.Re3-f4 Db8-a7 1.Rd2-e3 a7xCb6 e o restante é bastante simples.

RT54 - As negras fizeram apenas uma captura com o peão em e6 vindo de d7. As brancas fizeram 5 capturas com peões, o que obrigou as negras a promoverem dois peões: os das coluna "a" e "h". Ambos não puderam capturar. O peão branco em f6 só pode descapturar quando o peão negro em g2 voltar. Porém, o peão branco em g3 só pode descapturar quando o peão negro despromover. Para isso é preciso que uma peça negra volte até h1 (nem o bispo em h6 e nem o cavalo em h5 podem fazer isso). A torre negra em h8 pode voltar até h1 mas devemos preservar a possibilidade dela jamais ter movido para dar às negras a chance de se defender com roque. Por outro lado, se as brancas voltam o lance c5xDd6, percebemos que também a dama negra não tem como chegar em h1 a não ser que o rei negro dê passagem. Concluímos, finalmente, que ou o rei negro ou a torre de h8 tiveram de se mover para que o diagrama fosse possível. A chave do problema é 1.Rb3 e as negras não podem rocar para evitar Da8#

RT55 - O cavalo em f8 é branco pois ele só poderia ter dado xeque, em qualquer um dos reis, após uma promoção. Podemos voltar o lance e7xTf8=C+ para ajudar em nossas análises. O peão em f7 não pode ser negro pois, assim, um dos reis (o branco) estaria sob um xeque impossível. Da mesma forma, o peão em f5 não pode ser branco. Pela quantidade de peões na ala do rei, podemos afirmar que seria impossível um peão branco promover em h8. Neste caso, o peão em g7 é obrigatoriamente branco. A dama em h6, o cavalo em h4 e a torre em g2, são da mesma cor que o rei em g6 (nenhum dos reis poderia estar sob xeque antes do lance e7xTf8=C+). Agora é uma questão de encontrar uma estrutura de peões brancos e pretos que torne a disposição das peças viável. São pretas as peças em g2, e4, h4, d5, f5, h5, d6, f6, g6, h6 e h7.

RT56 - O xeque foi dado por um peão branco em g7 que promoveu capturando em f8 ou h8. Este peão fez 5 capturas para chegar em g7 pois ele veio de b2. O peão branco em e4 exige mais duas capturas. Como as torres negras chegaram à sétima fila? Só pode ter sido com os peões brancos de f3 e g3 capturando em "cruz" para dar passagem. Isso exige mais duas capturas totalizando 9 (limite permitido pela posição). A primeira descaptura foi obrigatoriamente g2xf3 (de outra forma as torres não entram em função da posição do bispo negro em f1 e o rei branco em g1) o que implica no fato do bispo branco em c8 ser um peão promovido (pois o original foi capturado à domicílio para dar passagem às torres negras). Consequentemente, o bispo negro em c1 também é um peão promovido. O peão branco que promoveu a bispo é original da coluna "a" e o fez sem capturar. Portanto, o peão negro da coluna "a" deu passagem fazendo, no mínimo, uma captura. Além do peão negro da coluna "a", pelo menos mais um peão negro teve de promover para ser capturado por peão branco (ou substituir peça original). Este peão foi o da coluna "b" (os de c7, d7 e g7 foram capturados). O peão de h7 não pôde promover pois isso implicaria em mais 2 capturas (lembre-se de que, apesar das brancas terem 3 peças ausentes, o bispo branco original de f1 não foi capturado por peão) mas fez uma captura para ser, mais tarde, capturado na coluna "g". Desta forma, o peão negro de g7 precisou ser capturado em sua própria casa. Isso nos obriga a voltar os lances 2.g7xBf8=B# c2-c1=B 1.f6xg7 c3-c2. A partir daí podemos voltar os lances de acordo com as conclusões anteriores. 25.g2xCf3 Cd2-f3 24.Bb7-c8 Tf5-f2 23.Ba8-b7 Tb5-f5 22.a7-a8=B Tb1-b5 21.a6-a7 b2-b1=T 20.Rf2-g1 b3-b2 19.Re3-f2 f2-f1=B 18.a5-a6 f3-f2 17.Cf2-h1 b4-b3 16.Cd1-f2 c4-c3 15.Cc3-d1 b5-b4 14.f2xg3 h4xBg3 13.e5xDf6 a6xTb5 12.d4xTe5 Th1-h2 11.a4-a5 Ta1-h1 10.Tb1-b5 a7-a6 9.Th1-b1 Cb1-d2 8.Ca2-c3 b2-b1=C 7.c3xd4 d5-d4+ 6.Rd2-e3 b3-b2 5.b2xCc3 Rg6-h6 4.De6-f7+ Tc1-a1 3.Cg5-h7 Cb5-c3 2.Re1-d2 Tc3-c1+ 1.Bf4-g3 c5-c4 e a posição se desfaz com facilidade.

RT57 - As 3 peças brancas fora do tabuleiro foram capturadas por peão. Isto torna obrigatória a promoção do peão branco da coluna "h". A torre negra original de a8 jamais pôde sair da oitava fila (quando o cavalo branco chegou em a8, o peão negro ainda estava em a7). Portanto, uma das torres negras presentes no tabuleiro é, na verdade, um peão promovido. O peão negro que promoveu é o da coluna "h" e o fez sem capturar. Isto significa que o peão branco da coluna "h" fez pelo menos duas capturas para dar passagem ao peão negro e também promover em h8 ou f8. Isto elimina a possibilidade de captura em "cruz" dos peões em e3 e d3 (lembrando que a torre negra de a8 não foi capturada por peão). As torres entraram via h2. Ambos os reis, portanto, tiveram de dar passagem. O rei negro entrou via c3 e b4 (ou d4). No primeiro caso, o rei negro entrando por b4, as brancas precisam voltar Pa2-a3 e o bispo branco de casas brancas jamais sairia. No segundo caso, o rei negro entrando por d4, as brancas precisam voltar Pe2-e3, e o bispo branco de casas brancas jamais conseguiria voltar até f1. Em qualquer dos casos a posição se revela ilegal. Chegamos à conclusão de que o bispo branco em a2 é, na verdade, um peão promovido. A posição se desfaz com 36.Ta6-a7 a7xDb6 35.Dd4-b6 e6-e5 34.Da1-d4 f7xBe6 33.De1-a1 Td1-d2 32.Cb6xTa8 Ta1-d1 31.Bg4-e6 Td2-e2 30.Re2-f1 Td1-d2+ 29.Rf3-e2 Cg3-h1 28.Db4-e1 Ce4-g3 27.Ce2-g1 Rg1-h2 26.Cg3-d4+ Rf1-g1 25.Tg5-a5 Re1-f1 24.Db5-b4+ Rd2-e1 23.Cf5-d4 Th1-d1 22.Cg3-f5 Th8-h1 21.Th5-g5 Rc3-d2 20.Th1-h5 Tb8-a8 19.Tb1-h1 Ta8-b8 18.Tb2-b1 Th1-a1 17.Re2-f3 h2-h1=T 16.Re1-e2 h3-h2 15.Be2-g4 h4-h3 14.Bf1-e2 Rd4-c3 13.e2-e3+ Re5-d4 12.Db4-b5+ Re6-e5 11.Tb1-b2 Re7-e6 10.b2-b3 Re8-e7 9.Be6-a2 h5-h4 8.Bf5-e6 Cc3-e4 7.Bh7-f5 Cb5-c3 6.Bg8-h7 Cd4-b5 5.h7xCg8=B Cc6-d4 4.h6-h7 Cb8-c6 3.g5xDh6 Df6-h6 2.h4xBg5 Dd8-f6 1.Dd2-b4 Be7-g5 etc. As brancas não podem dar o mate com Cc3# porquê é a vez das negras jogarem.

RT58 - A estrutura de peões negros exige 3 capturas e a estrutura branca exige 6 capturas. As negras obrigatoriamente tiveram de promover o peão da coluna "a" e ele o fez sem capturar. A posição se desfaz com 14.Ta1-b1 g4-g3 13.Ta8-a1 g5-g4 12.Th8-a8 g6-g5 11.Th1-h8 c6-c5 10.Td1-h1 c7-c6 9.Bf1-e2 Te2-d2 8.Td2-d1+ Te1-e2 7.Be2-f1 Th1-e1 6.Bf1-e2 Th8-h1 5.Be2-f1 Ta8-h8 4.Bf1-e2 Ta1-a8 3.Be2-f1 a2-a1=T 2.Bf1-e2 a3-a2 1.a2xBb3 etc. Duas belas "voltas olímpicas" de torre branca e preta.

RT59 - As 3 peças negras fora do tabuleiro foram capturadas por peões. Portanto, o peão negro da coluna "e" promoveu. A posição se desfaz com 25... Db3xCb2+ 24.f4-f5 Ca7-b5 23.Da8-b8 Cc6-a7 22.Db8-a8 Ce5-c6 21.f3-f4 Cd3-e5 20.Cd1-b2 Cb2-d3+ 19.Ce3-d1 h3-h2 18.Cd5-e3 h4-h3 17.Ce7-d5 h5-h4 16.Cc6-e7 Bb6-a5 15.Ca5-c6+ Ba7-b6 14.Da8-b8 g6-g5 13.Db8-a8 h7-h5 12.Da8-b8 Be3-a7 11.Db8-a8+ Bh6-e3 10.g3-g4 e3xh6 9.g2-g3 Ba7-e3 8.Da8-b8 Bf2-a7 7.Db8-a8+ Be1-f2 6.f2-f3 e2-e1=B 5.h5-h6 e3-e2 4.h4-h5 e4-e3 3.h3-h4 e5-e4 2.h2-h3 e7-e5 1.e6xTd7 Td8-d7 etc.


(p)2008 por Leo Mano. Rio de Janeiro - RJ, Brasil.